out 18 2017

Renova Centro 20/30 promove caminhada em 21/10/2017, para mapear pontos inacessíveis.

Tendo como ponto de partida a nova Lei Brasileira de Inclusão (Lei 13.146/2015), que entrou em vigor em janeiro de 2016.

Desde então, participantes analisam os aspectos práticos da acessibilidade no país, à adequação dos espaços públicos para as pessoas com deficiência e a atuação do MP para a concretização dos direitos desta parcela da população.

“Assegurar acessibilidade é garantir dignidade, liberdade, confiança, respeito. Não se buscam privilégios, mas igualdade de condições. Não podemos admitir que uma pessoa deficiente seja incapaz de chegar aonde ela quiser. E se assim for, deficiente seremos todos nós, deficiente será o Estado”, afirmou a procuradora da República Priscila Costa Schreiner.

O Plano de Metas da Prefeitura de São Paulo (2017-2020) contemplou em sua Meta 35, 145 mil m² de valorização do Centro com intervenções urbanísticas visando à requalificação e revitalização de espaços livres e passeios públicos, que será 100% implementada na Prefeitura Regional da Sé. Sendo 60 mil m² promovendo a mobilidade e acessibilidade e, também, dotando aqueles espaços públicos de mobiliário urbano que propiciem o convívio social para os Distritos sé e República.

Adiantando a esse plano, o movimento Renova Centro 20/30 estará promovendo neste sábado (21/10), uma caminhada pelas ruas do Centro Novo com o objetivo de mapear os desafios de acessibilidade nos passeios públicos, espaços públicos e privados.

Dia: 21/10/2017
Hora: às 09 horas
Local: Concentração SESC 24 de Maio com Rua Dom José de Barros

Texto para divulgacao

Aprovado(0)Reprovado(0)

Link permanente para este artigo: https://www.panoramacentral.com.br/renova-centro-2030-promove-caminhada-em-21102017-para-mapear-pontos-inacessiveis/