Retornar para Desenvolvimento Social

Saúde

Saúde
• Reforçar o atendimento primário à saúde pelo preenchimento das vagas existentes nas equipes do Programa de Saúde da Família e das Unidades Básicas de Saúde, requalificando e valorizando os profissionais;
• Reformar, readequar, ampliar e reequipar as Unidades Básicas de Saúde que hoje se encontram deterioradas e com sua atuação comprometida pelo compartilhamento improvisado do seu espaço físico.
• Acelerar a informatização da saúde com a implementação do prontuário eletrônico e Cartão SUS, promovendo a integração de todas as unidades, inclusive as administradas pelas Organizações Sociais. Promover o compartilhamento de dados e informações dos pacientes, melhorando a resolutividade do sistema, facilitando a referência e contra-referência entre as unidades e evitando a duplicação de exames e procedimentos que encarecem e sobrecarregam o sistema de Saúde;
• Promover, mediante a criação de Redes de Atendimentos Regional, a hierarquização do atendimento descentralizado na saúde, do primário ao de maior complexidade e, integrando e unificando o gerenciamento das vagas com a Secretaria do Estado da Saúde , otimizar a utilização dos leitos disponíveis tanto na rede estadual como na municipal;
• Ampliar o uso da Telemedicina como instrumento importante no diagnóstico a distância de patologias e de orientação de procedimentos e tratamentos médicos. Na mesma direção, fazer o monitoramento a distância de pacientes idosos com
riscos de agravamento de saúde e impossibilitados de um controle presencial pela família ou cuidadores;
• Aprimorar a atenção materno infantil estimulando o pré-natal nas maternidades para reduzir a mortalidade materna e fetal no parto, antecipar o diagnóstico da sífilis neonatal, da zika e de outras patologias que expõem o feto a riscos irreparáveis;
• Ampliar a prevenção da gravidez em grupos vulneráveis com o implante de longa permanência; vacinação para o HPV na população fértil até 25 anos; rastreamento de câncer de mama e do colo de útero com pesquisas de HPV;
• Implantar Unidades Móveis de Saúde que podem levar profissionais e serviços às regiões periféricas da cidade, evitando deslocamentos dispendiosos da população na busca deste atendimento com o objetivo de reduzir filas, agilizar o diagnóstico e tratamento das patologias;
• Implementar e fortalecer, em parceria com a Secretaria Estadual da Saúde, programas para reduzir o tempo de atendimento e o início do tratamento de patologias como o acidente vascular cerebral, AVC, e o enfarto agudo do miocárdio;
• Reformular os programas de atendimento aos usuários e dependentes de droga buscando integração e compartilhamento com projetos exitosos já desenvolvidos pela Secretaria de Estado da Saúde, como o programa Recomeço, que responde de forma mais efetiva às necessidades imediatas da população alvo e cria reais possibilidades de reintegração de pacientes;
• Implantar um sistema simplificado de informações que, acessado pelo usuário, possa lhe oferecer informações sobre os procedimentos e serviços mais adequados, próximos e qualificados para o atendimento de saúde pretendido ou necessário;

Imóveis postados recentemente no Portal Entre Imóveis

Aprovado(0)Reprovado(0)

Link permanente para este artigo: https://www.panoramacentral.com.br/prefeitura/desenvolvimento-social/saude/